Tire suas dúvidas sobre a situação do Covid-19 em Machado

Entendemos o receio e a preocupação de todos. Estamos passando por um período conturbado com o Covid-19 e, por isso, decidimos fazer esta nota para esclarecer os casos que tivemos hoje.

Por normas da Secretaria da Saúde, quando se identifica um caso de Covid-19, há rastreamento e realização de testes em todas as pessoas que estiveram em contato com o paciente, como por exemplo familiares e etc. A Secretaria de Saúde segue todos os protocolos do Ministério da Saúde ao realizar os testes rápidos nos casos suspeitos. 

Dos atuais 17 casos confirmados no município, 08 casos já estão recuperados e 09 casos estão em recuperação isolados e monitorados pela Vigilância em Saúde.

O que é IgG?

O teste rápido “HILAB” detecta dois tipos de anticorpos, o (IgM) e o (IgG).

Os anticorpos (IgM) indicam infecção na fase ativa, pois eles são os primeiros anticorpos a aparecer quando vírus ou bactérias nocivas atacam o nosso corpo. É nesta fase que ocorre a transmissão, o que não é o caso destes quatro novos casos.

Já os anticorpos (IgG), também são uma resposta a vírus e bactérias, porém atuam na fase mais tardia da infecção.
Neste caso não havendo risco de transmissão.

O compromisso da Secretaria da Saúde e Prefeitura Municipal é a transparência. Solicitamos a colaboração de todos, mantendo o isolamento social. Só saia de casa se for preciso, SEMPRE usando MÁSCARAS. Lave as Mãos e sempre utilize álcool em gel. Assim, manteremos um controle e uma fiscalização para toda a nossa população!

--

Qual é a atual situação do Covid em Machado?
Machado já conta com casos confirmados do Covid e todos eles são de pessoas que tiveram contato com cidadãos de outros estados ou saíram da cidade. As pessoas que foram contaminadas recentemente já estão recebendo tratamento, a família das mesmas estão isoladas e a Vigilância em Saúde está cuidando para que tudo esteja sob controle. Os protocolos e cuidados são os mesmos.

E os casos monitorados?
São pessoas que estiveram fora do município e retornaram ou pessoas vindas de outra cidade que devem, obrigatoriamente, ser monitoradas. Desde o dia 16 de março de 2020 até hoje, dia 02 de junho, foram monitoradas 710 pessoas. Um cuidado necessário realizado por servidores capacitados. Se a população souber de algo deve comunicar a Vigilância em Saúde o mais rápido possível para preservar o bem estar de todos.

Por que a Secretaria de Saúde não dá mais informações sobre a identidade dos enfermos?
Para a segurança deles. A partir do momentos que alguém testa positivo tem todo um cuidado com o isolamento e tratamento. Também é feito um trabalho para isolar qualquer pessoa que tenha tido contato. A prioridade é garantir que o vírus não circulem e todos sejam curados. Cabe a população seguir os protocolos, usar máscaras, evitar aglomeração, manter a higienização e informar aos familiares e amigos que agora não é propício a visitas.

O que é transmissão comunitária e ela já ocorre na cidade?
A transmissão comunitária do novo coronavírus é aquela em que não é mais possível localizar a origem da infecção, indicando que o vírus está circulando entre os indivíduos que não viajaram e este não é o caso de Machado. As pessoas infectadas sabem da origem da doença.

Vi irregularidades e pessoas chegando de outras cidades. O que fazer?
Reforçamos: comunique a Vigilância em Saúde. Eles estão aptos e contam com profissionais capacitados para lidar com quaisquer situações. Infelizmente, não é possível ter 100% de controle, mesmo que os trabalhos sejam feitos intensamente, e muitas pessoas não estão cumprindo os protocolos de segurança.
Desde o início diversas pessoas denunciaram e nenhuma informação deixou de ser apurada e graças a isso estamos mais seguros. Se a população se conscientizar passaremos este momento sem maiores perdas.
O telefone da Vigilância em Saúde é (35) 3295-6729.

Por que não são feitos mais testes rápidos na população?
Tudo que é feito pela Secretaria de Saúde segue um protocolo do Ministério da Saúde. É importante ressaltar que existe um número limitado de testes e que nenhuma pessoa que realmente precisou ficou sem um resultado.
É importante frisar também que antes de oito dias do primeiro sintoma se a pessoa com suspeita fizer o teste rápido ele pode dar negativo. Isso porque a eficiência do teste rápido se dá após este período. Isso não quer dizer que o paciente ficará sem cuidados, muito pelo contrário, seguirá um rigoroso isolamento e receberá todos os cuidados para se manter estável.

O que a população deve fazer?
Evitar contato, se possível ficar em casa, sempre usar máscara ao sair e higienizar as mãos. Também evite viagens e avise aos parentes e amigos que não é momento para visitas, frisamos muito este ponto, quanto mais às pessoas circulam mais chance tem do vírus se espalhar. Quem não leva a sério as recomendações pode prejudicar a todos.

A Prefeitura de Machado está fazendo o seu papel, faça você também!