O que a Prefeitura de Machado está fazendo para combater o Covid-19?

Quais as medidas tomadas para que o coronavírus não se espalhe em Machado?

Inúmeras ações estão sendo feitas. Pela Secretaria de Saúde, por exemplo, a barreira sanitária, monitoramento das pessoas que vieram de outros municípios ou estiveram fora de Machado, acompanhamento técnico dos monitorados. Acontece regularmente desinfecção das vias, limpeza de locais com muito movimento, instrução e conscientização para o uso de máscaras, dentre outros.

 

Por que o município decidiu ser mais rigoroso quanto à entrada de pessoas de outros municípios?

Nossa cidade está preocupada com a saúde pública e com a vinda das pessoas de outras cidades, ainda mais no feriado prolongado de São Paulo, local com grande incidência de infectados. As pessoas de cidades próximas também serão impedidas de circularem sem justificativa, pois não temos controle do contato delas com possíveis doentes.

A preocupação da gestão é com a população que sofrerá caso o Covid circule, principalmente os mais carentes. A cidade não pretende amenizar quanto a isso, mas, logicamente, segue protocolos do Ministério da Saúde para cuidado e prevenção.

 

Qual é a postura da Vigilância em Saúde quanto às pessoas de outras cidades que vem para a colheita do café?

Todas as pessoas serão monitoradas, sem exceções. As equipes estão atentas às denúncias e os contratantes estão cientes da quarentena necessária.

Para você ter uma ideia, os bairros rurais que tem PSF contam com profissionais que vão até as fazendas monitorar, conferir o estado de saúde dos trabalhadores, tirar dúvidas e garantir que a quarentena esteja sendo cumprida. As propriedades rurais que não contam com o posto próximo a elas têm os profissionais com atuação no município fazendo esse trabalho de acompanhamento. Essa é uma ação contínua para garantir a saúde de quem vem e de quem mora aqui.

 

Vi irregularidades e pessoas chegando de outras cidades. O que fazer?

Comunique a Vigilância em Saúde. Eles estão aptos e contam com profissionais capacitados para lidar com quaisquer situações. Infelizmente, não é possível ter 100% de controle, mesmo que os trabalhos sejam feitos intensamente.

Desde o início diversas pessoas denunciaram e nenhuma informação deixou de ser apurada e graças a isso estamos mais seguros. Se a população se conscientizar passaremos este momento sem maiores perdas.

O telefone da Vigilância em Saúde é (35) 3295-6729.

 

Por que não são feitos mais testes rápidos na população?

Tudo que é feito pela Secretaria de Saúde segue um protocolo do Ministério da Saúde. É importante ressaltar que existe um número limitado de testes e que nenhuma pessoa que realmente precisou ficou sem um resultado.

É importante frisar também que antes de oito dias do primeiro sintoma se a pessoa com suspeita fizer o teste rápido ele pode dar negativo. Isso porque a eficiência do teste rápido se dá após este período. Isso não quer dizer que o paciente ficará sem cuidados, muito pelo contrário, seguirá um rigoroso isolamento e receberá todos os cuidados para se manter estável.

 

O que a população deve fazer?

Evitar contato, se possível ficar em casa, sempre usar máscara ao sair e higienizar as mãos. Também evite viagens e avise aos parentes e amigos que não é momento para visitas, quanto mais às pessoas circulam mais chance tem do vírus se espalhar. Quem não leva a sério as recomendações pode prejudicar a todos.

 

A Prefeitura de Machado está fazendo o seu papel, faça você também!