Detalhes da Notícia

Feira do jovem empreendedor movimenta Praça Antônio Carlos
Feira do jovem empreendedor movimenta Praça Antônio Carlos

Os alunos da rede municipal de ensino de Machado realizaram, no último sábado (11) a Feira do Jovem Empreendedor, evento de encerramento do curso Jovens Empreendedores – Primeiros Passos (JEEP), integrante do programa Cultura Empreendedora, realizado pelo Sebrae Minas e implantado este ano na cidade, por meio de uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

O programa teve início em Julho, quando os educadores receberam treinamentos do Sebrae para transmitir conhecimentos sobre empreendedorismo aos alunos. Participaram os alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental e algumas turmas do ensino médio também.

A culminância do programa é a realização da feira, onde os alunos colocam em prática tudo o que aprenderam em sala de aula, e decidem quais produtos vão comercializar e de que forma vão divulgar.

A Praça Antônio Carlos ficou cheia de barraquinhas, onde os alunos estavam vendendo diversos produtos artesanais como sabonetes, brinquedos feito de garrafa Pet, cadernos, móveis de decorações de madeira descartada, bombons, pães, doces à base de café e diversos outros produtos. O valor arrecadado com as vendas será aplicado em uma atividade para os próprios alunos, como passeio ou cinema, como forma de reconhecimento do trabalho deles.

O Sebrae Minas realiza, o programa Cultura Empreendedora em escolas de todo estado, com o intuito de preparar os jovens para o futuro no mercado de trabalho, formar professores e despertar a comunidade escolar para novas possibilidades no processo de aprendizagem. Em Machado, o programa já capacitou 50 professores das escolas da rede municipal, por meio do curso JEEP, que desenvolve noções de empreendedorismo e gestão por meio de atividades práticas junto aos estudantes.

“O papel do programa é despertar o empreendedorismo para formar os alunos como pessoas empreendedoras, independente deles seguirem carreira no próprio negócio ou como funcionários de alguma empresa. O empreendedorismo engloba soluções sustentáveis, de ética e cidadania, formando esses estudantes não só com a visão de empresários, mas como cidadãos”, afirma a analista do Sebrae, Bárbara Sarto.



Fotos da Notícia